Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

0

Anime: God Eater



Ano: 2015
Nº Episódios: 13
Género: Ficção Científica, Acção
Criador: Takayuki Hirao


* Mariana Oliveira *


Comecei a ver este anime sem nunca ter ouvido falar nele. Por isso mesmo, ia sem quaisquer expectativas, ou como se costuma dizer, tábua rasa.


Sinopse:
“No ano de 2071 o mundo encontra-se num estado pós-apocalíptico depois de quase ter sido destruído por completo após sucessivos ataques de uns misteriosos monstros, a que os humanos decidiram chamar Aragami. Para combater a possível extinção da raça humana é criada uma associação que utiliza guerreiros apelidados de God Eaters, homens e mulheres que conseguem utilizar as God Arcs, armas feitas a partir de células de Aragamis.”


Opinião:
Aquilo que salta à vista neste anime logo nos primeiros minutos é a qualidade da imagem. Está absolutamente fenomenal! É tão boa, que por vezes parecia que os cenários de fundo eram imagens reais e não desenhos feitos à mão. Cada um dos 13 episódios é uma verdadeira experiência cinematográfica e não me consigo recordar de alguma vez na minha vida ter visto um anime com uma imagem tão fantástica. Só por isso, já vale a pena ver “God Eater”.

Contudo, a qualidade deste anime não se fica apenas no seu aspecto gráfico já que a história é igualmente interessante.
Sendo um anime de acção com apenas 13 episódios não é de admirar que o ritmo da trama seja elevado, não havendo aqui espaço para tempos mortos. São batalhas atrás de batalhas, situações de tensão seguidas por momentos dramáticos. Este é o típico anime que mal nos deixa respirar de uma cena para a seguinte, estando constantemente a brindar-nos com momentos simplesmente incríveis.
As personagens principais também são interessantes. Bastante diferentes entre si, o grupo de God Eaters complementa-se muito bem, o que nos proporciona batalhas épicas que dá vontade de ver uma e outra vez.


O mistério relacionado com o aparecimento dos Aragamis é desenvolvido de uma forma gradual ao longo dos episódios, de forma a despertar a nossa curiosidade. Assim, quando chegamos ao último episódio o clímax vem sob a forma de muito drama, tensão e revelações surpreendentes.
Só lamento a forma com o anime terminou pois ficou tudo em aberto e nós, espectadores, ficamos com a sensação de que a história não terminou realmente. Tenho esperanças de que um dia criem mais episódios pois eu com certeza ficarei ansiosamente à espera! 

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%