Envie esta página a um amigo!

terça-feira, 6 de junho de 2017

0

Livro: Nimona



Título: Nimona
Autora: Noelle Stevenson
Data 1ª Edição: 02/06/2017
ISBN: 9789897730559
Nº de Páginas: 272

Sinopse

Obra vencedora do Prémio Eisner. 

Quando o vilão Lorde Ballister Coração Negro conhece uma rapariga misteriosa de nome Nimona, ambos são impelidos a uma parceria criminosa com o objetivo de lançar o caos no reino. Assumem como missão provar perante todos que Sir Ambrosius Virilha Dourada e os seus comparsas no Instituto Para a Aplicação da Lei & Heroísmo não são tão heroicos e nobres como todos julgam.

Vão ocorrer imensas EXPLOSÕES.
E CIÊNCIA E TUBARÕES também não vão faltar.

Mas quando simples atos traquinas se transformam numa batalha sem quartel, Lorde Coração Negro descobre que os poderes de Nimona são tão misteriosos quanto o seu passado. E o seu lado selvagem poderá ser muito mais perigoso do que ele próprio está disposto a admitir…

Opinião 
(Roberta Frontini) 

Quem segue bloggers estrangeiros ou mesmo booktubers, de certo que se deparou com o fenómeno Nimona. Eu como grande fã de Graphic Novels (GN) e BD's, não consegui ficar indiferente, e o livro entrou directamente para a minha wishlist. Qual não foi o meu espanto quando percebi que a Saída de Emergência o ía editar. Tirá-lo da wishlist e colocá-lo na mesinha de cabeceira tornou-se, assim, uma prioridade, e assim que chegou não me consegui conter, e comecei logo a lê-lo. 

Confesso que gostei imenso! Achei-o bastante divertido e diferente. Isto porque, nesta história, vamos conhecer melhor o lado "negro". Ou seja, num mundo de heróis e vilões, vamos seguir mais o lado dos vilões. No entanto vamos compreender que o mundo não é branco e preto e o pensamento dicotómico não faz qualquer sentido. Assim, o lado negro não é totalmente mau. Foi esta uma das razões pelas qual gostei tanto de Watchman por exemplo. O facto de termos uma nova perspectiva e de compreendermos que, por vezes, os vilões nem sempre são vilões e os heróis também são humanos e por vezes também erram. 

O início não é gradual e começa logo de forma directa, mas rapidamente nos conseguimos inteirar da história e a autora faz um excelente trabalho ao desenvolver a caracterização das personagens e a própria trama. As personagens são mais parecidas com o humano, têm fragilidades, defeitos e virtudes. Estão bem construídas e são adequadas à trama envolvente. 

Quer a arte, quer o traço e as cores estão muito bem conseguidos, tornando a GN muito apelativa. 

As mensagens transmitidas pela autora também são bonitas e tenho a certeza que esta é uma obra perfeita para miúdos e graúdos. No entanto não posso deixar de referir que este livro está categorizado como YA, sou seja, é supostamente voltado para um público mais jovem. Apesar de tudo, as boas horas que me fez passar não me demoveram da sua leitura e de o considerar num dos livros que mais me fez sentir feliz nos últimos tempos. 



Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%